Isabel Santos Matos

Produção

Isabel Santos Matos frequentou o curso de Económicas e Financeiras do ISCTE. É ainda formada em operação e programação informática, tendo trabalhado durante 14 anos no departamento de informática dos laboratórios Abbott. 

Durante 11 anos trabalhou na área de produção da já extinta Fábrica de Imagens. Para além de filmes institucionais, participou, em diversos projetos. Colaborou nas magazines semanais de cinema ("Cinemagazine"), de ciência ("Aventuras do Conhecimento"), de ambiente ("Ambientes") e de cultura ("A Ver Vamos e "A Par e Passo") da RTP2. Participou no programa Artes e Letras (RTP2), donde se destacam: "O Amigo de John Ford - Luis de Pina", "Carlos Paredes - Crónica de um Guitarrista Amador", "João Cutileiro - e Neste Nada cabe Tudo", "Leitão de Barros - O Senhor Impaciente", "António Silva - um Artista Popular" e "Beatriz Costa - Mulher sem Fronteiras".

Na área dos documentários, destacam-se alguns documentários para a RTP ("Especial Cannes - 50 anos de Festival", "Fernando Lopes por Cá" e "David Mourão-Ferreira", "Rios de Portugal" para a EXPO 98) e para o Instituto do Livro (António Alçada Baptista, Óscar Lopes, Eugénio de Andrade e Mário Cesariny).

Na área da ficção, colaborou na série de ficção de 4 episódios para RTP, intitulada "Insólitos" e na produção do filme "António, um Rapaz de Lisboa" do realizador Jorge Silva Melo.

Em 2006 passou a integrar o grupo de teatro actus. 


Tomé Vieira  |  Jorge Sequeira  |  Miguel Curiel  |  Luís Gomes  |  Carolina Bettencourt  |  Ana Dionísio  |  Isabel Santos Matos  |  Ana Rita Santos  |  Gonçalo Melo